17 de novembro de 2014

Lidando com portas fechadas



O fim do ano está chegando e com ele muitos começam a fazer balanços sobre o ano. Particularmente, sou daquelas que fazem um check list dos alvos e faz as contas para ver se o saldo foi positivo ou não. E Deus tem sido bom pra mim, não posso deixar de reconhecer isso, durante esse ano pude ver milagres, fidelidade, cuidado, sustento, proteção e claro muita misericórdia sobre minha vida.

Acontece que a vida não é perfeita, pelo menos não do nosso ponto de vista. Em certos momentos as coisas não se desenvolvem como espero ou às vezes elas nem chegam a se desenvolver e basta apenas um desapontamento pra gente se esquecer de toda a bondade de Deus nas nossas vidas.

Quem me conhece sabe que um dos meus grandes sonhos é me casar. E nesse ano em especial nutri uma expectativa considerável de que finalmente acontecesse algo a mais na minha vida sentimental, mas nada... estamos aqui no fim de 2014 e eu continuo no zero a zero (Status no Facebook: rindo pra não chorar!). Quando ficamos frustrados parece que algo dentro da gente murcha e no meu caso parece que uma comporta oculta abre e sai tanta lágrima que desconfio ser capaz de abastecer o sistema da Cantareira nesses tempos de seca. É como a Bíblia diz em Provérbios 13:12:

“A esperança que se adia deixa o coração doente,
Mas o anseio satisfeito é árvore de vida”

Estou contando tudo isso porque todos nós temos sonhos e cada um sabe onde a dor aperta, mas a bondade de Deus continua se manifestando em momentos de frustração e desânimo. As portas fechadas da vida acabam sendo bênçãos especiais que só podemos enxergar quando o Espírito Santo abre nossos olhos e muitas vezes são justamente elas que nos mantém no caminho de Deus pra gente. Não fomos criados apenas para nossos planos e sim para um propósito maior que nós mesmos. Cada um ainda quando era um feto dentro da barriga materna foi formado para um propósito nesse mundo e nesse tempo específico. Talvez cumprir esse plano exija mais do que pensamos ser capazes ou desejamos nos empenhar, mas só Deus sabe o tesouro que depositou em nós e o impacto que isso pode causar.

Não se engane, Deus se compadece de você e também de mim, mas como um Pai perfeito Ele sabe que certos caminhos podem custar nossa vida. Gostaria de ter uma receita pronta para lidarmos com as frustrações ou para alcançarmos aquilo que desejamos, mas só temos nossa Fé. Fé em um Deus que fez e ainda faz mulheres estéreis serem alegres mães de filhos, Fé em um Deus que fez uma virgem dar à luz, Fé no Filho de Deus que carregou nossos pecados na cruz, Fé em um Deus que nos resgatou do inferno e tantos outros motivos. Pode ser só Fé, mas é por ela que o justo viverá.

Faz bastante tempo que Deus disse isso a Josué, mas ainda consigo ouvi-lo dizer:

“Não fui eu que lhe ordenei?
Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor o seu Deus, estará com você por onde você andar” Josué 1:9

E “por onde você andar” inclui até quando nos deparamos com uma porta trancada a sete chaves!

Que Deus te dê uma nova perspectiva sobre Seu amor e sobre as lutas da sua vida.

Continue com Ele!!!

Abraços! 




Ana Júlia, 25 anos, Estatística. 
Twitter: @anajuliah_c
Frase: "Não são grandes homens que 
transformam o mundo, mas sim os fracos 
nas mãos de um grande Deus." (Irmão Yun)