29 de maio de 2014

Seguindo na direção certa



Como é bom caminhar com o Espírito Santo, não é mesmo?


Hoje me peguei diante de uma daquelas visitas inusitadas que ele faz. Digo inusitada porque ela não veio num momento de oração ou meditação da palavra, mas enquanto dirigia num trânsito intenso.


E, posso falar? Amo quando isso acontece!


Quero trazer à reflexão um comportamento que já faz alguns dias que tenho observado: como as mulheres estão impacientes e mal educadas no trânsito. Meu Deus! Negar passagem, ocupar vagas prioritárias, fazer manobras proibidas que comprometem o fluxo. Esses são só alguns dos comportamentos errôneos que tenho percebido entre nós mulheres. Tudo isso é de causar espanto.


Nós mulheres estamos assumindo um papel agressivo, talvez para provar aos homens que somos iguais a eles.


Concordo que no trânsito todos devem ter uma conduta correta, independente do sexo. Mas devo salientar que a doçura e delicadeza de uma mulher deve se estender a tudo que ela se propõe a fazer.


Diante disto o Espírito Santo me revelou que muitas mulheres estão ocupando papéis que não as pertencem. Daí vem o motivo de tanto estresse.


Casadas com maridos passivos, mães solteiras que sustentam sozinhas um lar, estudantes que trabalham fora para pagar a faculdade, moças que desde cedo são responsáveis pelo sustento dos pais... São só alguns exemplos de mulheres que circulam com seus veículos pelas ruas da cidade.


Saem de casa repletas de tarefas,com o tempo cronometrado para executar cada uma. Casa, família, trabalho, saúde, amigos... Inúmeros compromissos para um dia que terá apenas 24 horas. Dias intensos que muitas vezes começam num belo engarrafamento que só aumenta a ansiedade da atarefada condutora.


Uma mulher frágil,mas com uma mochila bem pesada nas costas.Esta é a imagem refletida em milhares de mulheres nos dias de hoje.


E o que fazer? Pra onde ir? Como mudar este quadro?


O primeiro passo é colocar TUDO diante de Deus em oração, clamando por direção e orientação em cada tarefa. Peça a Deus que revele a você o plano original, para que você assuma seu papel agradando primeiramente o coração dEle. Clame ao Pai por renovo no corpo, na alma e no espírito.


O segundo passo é RECONHECER que não dá conta sozinha. Delegar funções, pedir ajuda e priorizar oque é realmente importante. Deixar de lado o famoso: "deixa que eu faço".


O terceiro passo é ABRIR MÃO DA COBRANÇA DE SER PERFEITA EM TUDO. Isso é uma ilusão! Ninguém consegue executar bem diversas tarefas ao mesmo tempo. No processo, haverão falhas, erros, ausências e você precisa se perdoar, saber que Deus te entende e também te perdoa.


Tenha paz em seu coração, relaxe e acalme-se. Lembre-se que seu lar não é aqui, não existe uma real necessidade para sofrer tanto pelas coisas deste mundo.


O Senhor te contempla como filha amada, ovelha preciosa, menina dos olhos.


Reduza a velocidade, pare, se preciso for, mas não perca a beleza do trajeto. Agindo assim você certamente chegará no destino que Deus preparou pra você.


Fique na paz!


Elaine Souza, 29 anos 

Consultora de Negócios, Solteira.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!