15 de março de 2014

“A oração é um lugar aonde a gente vai”

Há tempos sem escrever nada, estava com saudades de vocês.

Estudando temas variados e complementares descobri uma coisa; que pode ser validada nos mais de 2 mil anos de historia da Igreja e pelo texto das Sagradas Escrituras.


Ser chamado cristão é agora xingamento para todo tipo de posicionamento oposto ao arcabouço de virtudes pós modernas.


Aprendemos a analisar com precisão cirúrgica todo conteúdo subversivo da mensagem do rabi da Galiléia e o fazemos usando os profetas com menor prestigio por assim dizer; de Sócrates a Nietzsche até o ponto em que o que Jesus disse e fez não represente qualquer peso na nossa caminhada de sermos seus imitadores.


A fim de encontrar um remédio para isso comecei a me dedicar de maneira sistemática única instrução que Jesus deu e disse como fazer aos discípulos; a fim de resgatar para o mundo contemporâneo o conteúdo que o Filho de Deus nos ensinou durante os seus três anos de ministério. A oração! Você quer ser parecido com Ele? Ore!


É simplíssimo. Mas se prepare para a rejeição no seu meio e a consagração no céu. O benéfico é para todos! O nome do Pai ser santificado na sua vida e através dela é a dádiva compartilhada pelo Filho. Ensinada com o nascimento, cruz e ressurreição.


A urgência é você quem estabelece. É assim que Ele nos ensinou a começar tudo; chamado Deus de Pai Nosso.


O texto conhecido:
Vocês, orem assim:
"Pai nosso, que estás nos céus!
Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino;
seja feita a tua vontade,
assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso
pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas,
assim como perdoamos
aos nossos devedores. E não nos deixes cair
em tentação,
mas livra-nos do mal,
porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém.
Mateus 6:9-13



O Reino vem! Teu Reino vem!
“A oração é uma conversa entre duas pessoas que se amam."







Camila Verçosa
Blog Pessoal: http://camilavercosa.blogspot.com.br/
Twitter: @camilavercosa
Frase: Articulista do savoir-vivre. E tudo, mesmo, começou com o amor do Cristo por nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!