11 de fevereiro de 2014

Sobre bênçãos, saleiro e faculdade


A gente costuma fazer um tanto de pedidos para Deus, e Ele, em seu infinito amor e misericórdia, atende várias das nossas orações. Mas você já deve ter escutado histórias do tipo “João pedia para que Deus lhe desse condições para comprar um sítio. Deus atende João. João não vai mais à igreja porque agora tem um sítio para ir”.

Não tem ninguém mais interessado em nossa felicidade do que Deus. E temos que ficar atentos para servi-lo com a mesma intensidade, seja nas adversidades ou na prosperidade. Um dos pedidos mais recorrentes tem a ver com nossa vida profissional.

Pedimos para que Deus nos abençoe com um bom curso na faculdade, para que assim possamos ser bons profissionais e nos darmos bem no mercado de trabalho. Aí a gente passa no vestibular e não falamos do amor dEle para ninguém dentro da faculdade porque “nossa, não dá tempo nem para estudar direito!”, ou “aqui eu venho só para estudar, de Jesus eu falo na igreja”.

Antes de ser universitários (ou qualquer outra coisa nessa vida), somos cristãos. Isso significa que devemos levar o nome dele por todo lugar. E talvez você até tenha o desejo de fazer a diferença na faculdade, mas não faz nem ideia de como.  Na Lagoinha, a gente tem a Liga Universitária, um ministério que tem como foco a missão universitária. Um dos pontos nos quais o Bruno Mendes, líder da Liga, sempre toca é que “Você entra na faculdade para ganhar vidas. O diploma é só um detalhe”.

No próximo sábado, dia 15, às 09h, no Pub da Mocidade (Rua Pitangui, 405), vai acontecer o Café com Calouros, promovido pela Liga. Todo mundo de qualquer curso, qualquer universidade e qualquer igreja é mais que convidado a comparecer. Talvez você ainda nem tenha entrado na faculdade ainda, mas vem orando tanto por isso que quer se preparar desde já. Vem também!

"Vocês são o sal da terra. Mas, se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens. Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte” – Mateus 5:13-14.

O sal só faz diferença fora do saleiro. Que a gente extrapole os limites dos muros da igreja para sermos luz em todo lugar!

Qualquer dúvida, é só ligar para o Bruno (9212-6208), ou para mim (8520-2001).






Amanda Almeida
Estudante de Comunicação Social na UFMG
Twitter: @mandyalmeida
Frase: Apaixonada por Aquele que me amou primeiro!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!