8 de novembro de 2013

Enquanto isso...




Esperar é um exercício muito chato. Desconfio que ninguém goste disso, mas é importante. Às vezes esperamos porque a hora certa ainda não chegou, como por exemplo quando fazemos um bolo e aguardamos até que ele esteja assado, ou ainda como uma mulher grávida que espera nove meses até que seu bebê esteja pronto para vir ao mundo. Outras vezes esperamos por conseqüência de nossas próprias atitudes como quando dormimos demais e perdemos o ônibus ou ficamos agarradas no trânsito para algum compromisso. Existem ainda aquelas situações inexplicáveis em que você não entende o porquê de ainda estar sentada naquela sala de espera, só sabe que seu nome ainda não foi chamado e nada aconteceu.




O último Conversa Franca entre as Mulheres me fez perceber que existe uma preocupação geral entre as jovens: Relacionamento. Começou a cair a ficha de que somos todas meio parecidas, mas também me fez pensar que a gente precisa se lembrar que existe mais vida pra viver do que encontrar o Sr. Perfeito.




Sou uma pessoa meio desorganizada então com alguma freqüência me atraso para os compromissos (Na verdade, aquele exemplo de perder o ônibus foi bem pessoal!). Apesar disso não ser nada positivo aprendi uma coisa: enquanto espero o próximo ônibus passar preciso relaxar. O fato é que eles saem de tempo em tempo do ponto final, então ele vai passar. Pode atrasar? Claro! Mas quem atrasou primeiro fui eu então a única alternativa é esperar da forma menos estressante possível. Já reparou que quando ficamos preocupadas tudo fica mais maçante? Em contrapartida percebi que quando me distraio ou me assento e fico mais tranquila o próximo passa bem rapidinho (Ok, existem exceções quando falamos de trânsito, principalmente se você vive em BH!).


Todo esse assunto de trânsito parece sem sentido, mas pegar ônibus me ensinou uma regrinha pra passar pelas esperas da minha vida. A regra dos dois D’s


Primeiro D: Descanse! Seja honesta, preocupar-se muda alguma coisa? Ah, muda sim, nosso humor fica daquele jeito e de quebra a gente ganha umas rugas! É difícil, mas nada que vale a pena é fácil. Viver a vida com qualidade tem a ver com o que anda povoando nossas cabeças, então encha ela da Verdade que te dá paz, cura e traz esperança. Mergulhe em Deus! Você já ouviu, mas vou repetir, o tempo de solteira é perfeito para você viver uma vida completa para Deus. E a boa notícia é que Ele te espera acordar todos os dias com expectativa para se encontrar com você e te revelar quem Ele é. 


Segundo D: Distraia-se. Busque novas coisas para fazer na vida! Pode ser a tão sonhada graduação, uma pós, um curso de culinária, fotografia, música, planejar uma viagem, fazer missões, procurar um novo emprego ou aprender outra língua. Nunca pare de estudar! Permita-se conhecer pessoas e coisas novas, amplie os seus horizontes.





Pra terminar gostaria de fazer uma pergunta, você tem outros sonhos além de encontrar a meia do seu pé? Descobri que não tinha muitos objetivos quando me fizeram essa pergunta pela primeira vez. Por isso hoje teremos um “Para Casa”



Pegue uma caneta e uma folha de papel e escreva o que você quer estar fazendo daqui a 1 mês, 1 ano, 5 anos e 10 anos. Mesmo que seja custoso, escreva todos os objetivos, você vai ver como existem sonhos guardadinhos aí dentro! Guarde essa lista e leia sempre que se lembrar, acrescente, retire algo, ore sobre eles. 


Deus tem planos, propósitos para você!


Em Provérbios 16:1 lemos que


“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta 

certa dos lábios vem do SENHOR.”




Nem todos os nossos desejos e sonhos vão se realizar, mas aqueles nossos planos muito bons quando são substituídos dão lugar a planos sensacionais de Deus. É Ele quem nos permite sonhar!


Enquanto você espera muita coisa acontece na vida, não desperdice tantos presentes disfarçados de oportunidade!




Até a próxima e eu vou cobrar o dever de casa, ok?! (Brincadeira! =D)


Abraço!



Ana Júlia, 24 anos, solteira. 
Bancária e Mestranda em Estatística. 
Twitter: @AnaXuh
Frase: "Não são grandes homens que 
transformam o mundo, mas sim os fracos 
nas mãos de um grande Deus." (Irmão Yun)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!