10 de outubro de 2013

Quem acha que sabe tudo?



Sempre que vou fazer uma ligação para alguma linha que não seja ramal lá no estágio, tenho que adicionar o zero antes de digitar o número. Aprendi isso no meu segundo dia. Depois de mais de um ano na assessoria, eu já sabia isso de cor e salteado, certo? Pois é. Aí o telefone deu algum problema na semana passada, e um dos meus colegas me perguntou se eu não tinha me esquecido de discar o zero antes. Deu vontade de responder “É claro que não, né?!”. Só que daí alguns dias eu não estava conseguindo completar a chamada, e depois de várias tentativas falhas, qual tinha sido meu erro? Isso mesmo: estava me esquecendo de colocar o zero. 


Não importa o quanto a gente ache que é bom em alguma coisa, que já sabe fazer algo de olhos fechados. Sempre podemos errar. Saber as instruções de alguma coisa não é equivalente a ter certeza de que vamos fazer aquilo sempre do jeito certo. E na nossa caminhada cristã, isso não é diferente. Ainda mais com a nossa natureza humana, que é totalmente falha. 


Vira e mexe quando leio Provérbios fico me perguntando por que Deus sempre bate nas mesmas teclas, por que tem tantos versículos que falam sobre o mesmo assunto. E acho que uma das respostas tem a ver com o fato de a gente precisar ser aconselhado sempre. Precisar de alguém mostrando o caminho certo para nós, apontar para os erros óbvios que a gente comete quando pensa que já sabe de tudo. Porque só Ele sabe, e Ele se importa demais com a gente para nos deixar sem orientação. 


E orientação é uma das teclas mais batidas em Provérbios. 

“O caminho do insensato é reto aos seus próprios olhos, 
mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio” (Provérbios 12:15). 

“O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; 
os loucos desprezam a sabedoria e a instrução” (Provérbios 1:7). 


Que o nosso temor a Ele possa nos dar sabedoria o suficiente para reconhecer que quando a gente acha que sabe tudo, aí é que não sabe nada mesmo. E que a partir daí a gente deixe nossa prepotência tola e insensata de lado e seja sábio o suficiente para aceitar as orientações de Deus.








Amanda Almeida
Estudante de Comunicação Social na UFMG
Twitter: @mandyalmeida
Frase: Apaixonada por Aquele que me amou primeiro!

Um comentário:

Deixe seu comentário!