16 de outubro de 2013

Erros na vida sentimental

O texto de hoje foi gentilmente cedido pela autora, Simone Messina.
Muito obrigada por sempre nos abençoar, Simone!
(Os contatos da autora estão ao final do post)



Há um ditado popular que diz: Errar é humano, mas permanecer no erro é burrice. Muitas pessoas estão com sua vida sentimental abalada porque cometeram sucessivos erros e o pior, decidiram insistir neles, mesmo sabendo que não seria bom. Isso acontece porque as pessoas se relacionam com motivações erradas, agindo pela imaturidade das suas emoções. A fim de dar um ultimato a toda burrice sentimental, observe aqui os erros que cometemos:


1. Entrar em um relacionamento só para contrariar, magoar os pais ou escapar de um lar infeliz: algumas pessoas entram em um relacionamento achando que vão fugir dos problemas de casa, são guiadas pela amargura, ressentimento, raiva em relação aos seus pais. Além disso ser uma fuga, não resolverá o seu problema e ainda é uma desonra com as pessoas que mais o amaram na vida. Saiba que nenhum namorado vai amar mais você do que os seus pais. Aprenda a perdoá-los, pedir perdão e restaure seu relacionamento com eles. A benção deles no seu relacionamento é o bem mais preciso que você pode ter. (Mateus 19:19)


2. Autoimagem negativa: pessoas que entram em um relacionamento com sua autoestima baixa, estão constantemente carentes, são inseguras, ciumentas, dependentes emocionalmente da outra pessoa. Se você não ama a si mesmo, como amará ao outro? Se você não estiver com sua autoimagem positiva possivelmente sugará emocionalmente a outra pessoa, levando a um desgaste do relacionamento. Para superar isso busque ajuda em oração e aconselhamento com sua liderança espiritual, ou até mesmo com um psicólogo cristão. Relacionamento é doação, se você não tem nada para acrescentar na vida do outro, o melhor é buscar reconstruir sua autoestima em primeiro lugar. (Mateus 22:39)


3. Esquecer relacionamentos passados: há pessoas que pensam que trocando de relacionamento vão conseguir superar seus traumas, mas na verdade só irão aprofundar as suas feridas. Quando você está ferido e duvidando de si mesmo e pula logo para outro relacionamento você provavelmente vai confundir as coisas e vai tapar o sol com a peneira, apenas prolongando o seu deserto e a sua dor. 


4. Medo de ficar para trás: o medo afeta tanto homens quanto mulheres, mas em especial aos que estão passando da idade...Com esta mentalidade, essas pessoas irão se agarrar no primeiro pretendente que aparecer em sua frente. Nesse caso há duas consequências: ou o relacionamento acaba quando a paixão passar e gera uma grande decepção ou as pessoas simplesmente decidem ficar encalhadas num relacionamento que não traz nenhum benefício a sua vida. Certa vez, agi impulsivamente e acabei me relacionando com uma pessoa que parecia ser crente, mas na prática não era. Isso só me trouxe mais decepção, além de retardar o meu tempo de espera.


5. Relações sexuais: essa é uma das maiores motivações errôneas para se relacionar. Boa parte das pessoas acaba cedendo aos impulsos sexuais, maculando o seu futuro . Fora do casamento o sexo é impróprio, psicologicamente prejudicial e emocionalmente perigoso e pecaminoso. A maioria das pessoas que tem relações sexuais fora do casamento , mesmo no meio cristão, acabam se desvalorizando, além de serem abandonadas pelo namorado. Se você já caiu nesse erro , arrependa-se e mude a sua rota! (Gálatas 5:19)


Enfim , estes os são principais erros que a maioria das pessoas cometem , que demonstram imaturidade espiritual: e imaturidade emocional . Somente pessoas que decidem render 100% da sua vida ao Senhor, conseguirão discernir as armadilhas da vida sentimental. Uma vida de oração e um coração moldável diante de Deus é fundamental para ter vitória em todas as áreas da sua vida.


Simone Messina
Meu Facebook: Simone Messina
Meu Twitter: @simessina /@V_EstarSolteiro
Meu Email: simessina@gmail.com

Um comentário:

Deixe seu comentário!