1 de julho de 2013

Não despreze sua dor


Esta é uma frase do pastor e conferencista Mike Murdock.

Inicialmente ela soa como algo difícil de se entender. Certamente,porque a dor é algo que sempre queremos nos livrar, por uma questão óbvia. Mas ouvindo o contexto desta frase através do próprio autor e meditando em nossas dores, podemos entender o sentido dela.

Não desprezar a dor é reconhecer que Deus está presente em todos os momentos e na dor não é diferente. Não desprezar a dor também passa pela certeza de que ela será um instrumento poderoso nas mãos de Deus pra levar cura a outros.

Sim, seu testemunho de vitória sobre a dor pode trazer consolo a vidas que passam ou passarão pela mesma dor.

Muitos acreditam que a dor está diretamente ligada ao chamado e ministério. Ou seja, a área mais dolorosa da sua vida é também a área que o Senhor mais deseja lhe usar. Isso faz muito sentido, já que o testemunho é uma das formas mais eficazes de alcançar pessoas.

Podemos ver tantas pessoas que se engajaram em projetos sociais, justamente após serem vítimas da mesma situação. A dor as levou a se identificar e ajudar outros a vencerem. Essa identificação é também um dos segredos de sucesso das terapias em grupo.

Na dor aprendemos coisas que talvez não aprenderíamos fora dela. Na dor revemos valores e reorganizamos prioridades.

A princípio tudo isso pode nos parecer utópico ou impessoal, mas não é. Precisamos ter confiança na soberania de Deus. Ele é absoluto sobre todas as coisas.

Prosseguir e descansar na certeza de que todas as dores passam. A palavra nos garante isso em Salmos 30:5 "O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã."

Nos momentos de dor medite na certeza de que ela vai passar. Creia que Deus é um Deus de propósitos, Ele sabe quando e porquê faz.

A dor de hoje certamente lhe trará um testemunho lindo amanhã.


Fique na paz!


Elaine Souza, 29 anos 
Consultora de Negócios, Solteira.
Frase: "O choro pode durar uma noite, 
mas a alegria vem pela manhã." (Sl.30:5)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!