27 de maio de 2013

¡Para que Sepas!


Na época do ensino fundamental tive meu primeiro contato com o espanhol e me apaixonei de verdade. Amava fazer as lições da matéria e ficar lendo em voz alta os livros que a professora indicava. Lembro-me que nas atividades existia uma seção chamada ¡Para que sepas! (Para que você saiba!) e essa expressão passou a me acompanhar...

Tem muita gente que faz isso, e também gosto de ler um capítulo do livro de Provérbios por dia. (Pra quem não percebeu o livro te 31 capítulos! Coincidência?!). Porém, há muito tempo já não fazia isso. Esse mês resolvi voltar à velha prática e o que vi ali me fez pensar em muita burrada e engano desnecessário que a gente vive. Todo o livro de provérbios nos chama à sabedoria, o primeiro capítulo já mostra a que veio:

"Eles ajudarão a experimentar a sabedoria e a disciplina; a compreender as palavras que dão entendimento;
a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto;
ajudarão a dar prudência aos inexperientes e conhecimento e bom senso aos jovens.
Se o sábio lhes der ouvidos, aumentará seu conhecimento, e quem tem discernimento obterá orientação
para compreender provérbios e parábolas, ditados e enigmas dos sábios. " (Pv. 1:2-6)

Lendo isso não me admira os erros que tenho cometido. No fundo o que nos falta tantas vezes é sabedoria e isso é impressionante pois a própria Bíblia instrui ao insensato pedir por ela.

"Pois o Senhor é quem dá sabedoria; de sua boca procedem o conhecimento e o discernimento" (Pv. 2:6)

Hoje cedo enquanto lia o capítulo do dia me ocorreu que o livro de provérbios é uma espécie de ¡Para que sepas! da nossa vida. O homem mais sábio que já passeou por aí o escreveu e isso não pode ser desconsiderado. As pessoas costumam dizer que a Bíblia é um tipo de manual do fabricante, mas a gente só aprende o como fazer lendo. E hoje ela, a sabedoria, está gritando,¡para que sepas! 

"A vocês, homens, eu clamo; a todos levanto a minha voz.
Vocês, inexperientes, adquiram a prudência; e vocês, tolos, tenham bom senso.
Ouçam, pois tenho coisas importantes para dizer; os meus lábios falarão do que é certo.
Minha boca fala a verdade, pois a maldade causa repulsa aos meus lábios.
Todas as minhas palavras são justas; nenhuma delas é distorcida ou perversa." 
(Pv. 8:4-8)

Por:

Ana Júlia, 24 anos, solteira. Bancária e Mestranda em Estatística.
Blog Pessoal: http://escrevanaescreva.blogspot.com.br/
Twitter: @AnaXuh

Frase: "Não são grandes homens que transformam o mundo, mas sim os fracos nas mãos de um grande Deus." (Irmão Yun)

Um comentário:

  1. Essa é minha amiga AJ!!!!Sábias palavras!!!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!