21 de fevereiro de 2013

Elegância ao telefone (Parte II)



Celular
Quem aproveita as vantagens do telefone móvel não é seu escravo e sabe quando pode atendê-lo e mante-lo desligado. Com maior razão ainda que o telefone comum, ao fazer uma ligação pergunta-se sempre se a pessoa pode falar no momento, pois não se sabe onde esta. É igualmente indelicado quem faz uma chamada e logo pergunta onde o seu interlocutor se encontra. Recados podem ser deixados, mas cuidado em fiar-se nessa comunicação, porque há muita gente que passa dias sem ligar o seu celular.

No carro a legislação é bem clara. (salvo viva-voz). Ainda que todo mundo saiba em salas de diversão (cinema, teatro..) manter os aparelhos desligados é sinal de boa educação.

Evita-se andar na rua falando ao celular, quando chamar procurar algum lugar em que se possa entrar, evitando ficar batendo nas pessoas que passam enquanto se fala e ainda evita atrair assaltos.

Não se divide a atenção entre quem esta a nossa frente e a pessoa com quem se fala pelo celular. É cruel falta de consideração para ambos. Pede-se sempre licença para atender uma chamada, nos afastando um pouco, falando baixo e apenas o necessário. Ao retornar a conversa se pede desculpas. 

É sempre sinal de consideração, quando alguém chama pelo celular para tratar assunto de nosso interesse, nesse caso pedir para desligar e retornar a ligação, nos responsabilizando pela despesa.

Quem se despede
A iniciativa de encerrar um telefonema cabe a quem chamou. Se houver pouco tempo, há frases convencionais: “Deves estar ocupado...” “Não quero importunar mais..” Ou ainda; “Preciso desligar...”, seguidas da despedida. Quando a pessoa chamada deseja interromper a ligação se desculpa deixando claro que o mais cortes seria aguardar as despedias da outra, mas que naquele momento esta ocupado, Toda vez que houver visitas e o telefone comum tocar, deve-se pedir licença para atender.

Trivial. Simples. Natural.



Cordialmente,


Camila Verçosa, 26 anos, Estudante no Seminário Teológico Carisma.
Solteira, Blog Pessoal:http://camilavercosa.blogspot.com.br/
Twitter: @camilavercosa
Frase: Articulista do savoir-vivre. E tudo, mesmo, começou com o amor do Cristo por nós.



Gostou do post? Deixe seu comentário e sugestão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!