7 de janeiro de 2013

Falar em público


Torna-te um artista da fala, pois assim terás domínio sobre os demais. 
(Inscrição de 3000 anos atrás encontrada em uma Tumba Egípcia.)

Hoje peço licença pra falar sobre algo que tem me feito pensar:

Falar em publico e o seu poder

Os grandes eventos e os grandes nomes são apenas a ponta do iceberg. Falar em público abrange não apenas os cenários formais em que se fazem discursos, mas também uma miríade de acontecimentos no dia de qualquer pessoa, diz respeito a todos os aspectos da comunicação.

Refere-se a sua capacidade de transmitir idéias, de informar e convencer o seu publico, mesmo que ele seja uma única pessoa. E todas vocês vão concordar comigo que verbalmente a coisa é muito mais frequente. Temos, então, os diferentes estilos, o traquejos, e ainda a eloquência.

O que quero aqui é usar o poder da comunicação em seu próprio beneficio, já que ser um bom expositor torna você visível.

Antes, quero indicar seis erros principais da oratória:

1- Impressão de objetivo. Você quer motivar, comunicar de certa maneira, mas, se depender de sua exposição vacilante, o publico ficará sem saber disso.

2- A falta nítida de organização e liderança. Seu discurso não é estruturado e não flui de forma lógica de um ponto para o outro.

3- Excesso de informação. Você sobrecarrega a pessoa e ou publico de detalhes, alguns deles técnicos e a maioria desnecessária.

4- Apoio insuficiente para suas idéias, conceitos e informações. Você tem argumentos fortes a apresentar, mas não apóia as suas idéias com historias e exemplos memoráveis.

5- Voz monótona e discurso frouxo. Você acredita no seu tema e está empolgado com ele, mas a sua voz e a maneira de discursar não expressam o que você esta sentindo.

6- Não atender a real necessidade do público. Você se concentra no que interessa a você, em vez de se concentrar naquilo que seu público está interessado em ouvir.

Já ouvi centenas de discursos, conversas na experiência de ensino sobre elegância, comportamento e comunicação e esse é o padrão de deslizes. Quanto mais ouço, mais me convenço do poder desses seis erros. Basta um deles estar presente – ainda que você esteja fazendo todo o resto certinho - e a sua palestra (conversa) perde a maior parte da eficácia.

Fazer uma exposição em publico é fazer propaganda com sutileza: você esta exibindo suas habilidades, sem apregoá-las. Espero que seja útil pra cada uma das de salto porem de joelhos.




Cordialmente,



Camila Verçosa, 26 anos, Estudante no Seminário Teológico Carisma.
Solteira, Blog Pessoal:http://camilavercosa.blogspot.com.br/
Twitter: @camilavercosa
Frase: Articulista do savoir-vivre. E tudo, mesmo, começou com o amor do Cristo por nós.




Gostou do post? Deixe seu comentário e sugestão!

Um comentário:

  1. Gostei muito, Camila! Estava com saudade dos seus posts! Continue dando ótimas dicas para a gente.
    Abraços!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!