23 de janeiro de 2013

Elegância: as leis da mesa



Este post é a 3ª parte de uma série de posts sobre regras de etiqueta à mesa. Você pode conferir a primeira parte aqui e a segunda parte aqui

Talheres
Para entender o uso dos talheres, o primeiro passo é conhecer a sua colocação correta a mesa.

Do lado direito do prato são colocados: a faca de mesa, com o gume voltado para o prato; a faca de peixe, a colher de sopa (se o cardápio comportar); o garfo para ostras e o garfo para o melão, também se o cardápio comportar. Do lado esquerdo do prato são colocados: o garfo de mesa; o garfo de peixe e o garfo suplementar para salada, se houver.

Os talheres de sobremesa tanto podem figurar sobre a mesa desde o inicio do jantar como ser apresentados junto com o prato destinado a sobremesa. No primeiro caso, sua colocação é logo acima do prato. As duas formas são corretas.

Como se pode ver, os talheres são colocados na ordem em que devem ser usados. Não há o que errar. Basta pegar, sem hesitação, de fora pra dentro. Se a mesa estiver posta corretamente, não há perigo de engano. Se não estiver... bem, este é um outro lado da questão.

O uso da colher
Toma-se co cabo entre o polegar e o indicador. Há duas maneiras de sorver o liquido: pela ponta ou pelo lado. Os franceses adotam o primeiro, e os ingleses, o segundo. Nos adotamos o segundo, isto é pelo lado, como mais elegante e discreto porque, inclusive, evita incomodar o vizinho de mesa pelo movimento semicircular do braço.

O uso da faca
Segura-se a faca com a mão direita, não muito junto à lamina, com o indicador apoiado sobre a superfície. Ao usar a faca e o garfo ao mesmo tempo, o garfo fica na mão esquerda. Não se parte de cada vez mais do que o pedaço que vai ser levado à boca. A moda inglesa permite servir-se da faca para ajudar a colocar as iguarias no garfo. Há quem conteste esta forma como deselegante, mas entre nós muitos procedem assim com bastante correção. Atenção: jamais se leva a faca à boca.

Um detalhe: não se usa a faca para a salada, nem para os ovos, nem para bolos e tortas, nem para o pão. Nesta lista incluem-se os talharins e espaguetes.

O uso do garfo
Segura-se o garfo como a colher. Mas ao servir-se de carne, ele é usado voltado para baixo, com o indicador apoiado sobre a parte de trás e os outros dedos fechados em torno para se obter maior firmeza.

Como descansar os talheres
Há duas maneiras de descansar os talheres: uma para interromper-se para beber, conversar ou mesmo ouvir, e outra quando terminamos de comer.

No primeiro caso, basta saber que não se descansam os talheres sobre a toalha, nem com as pontas apoiadas sobre o prato, mas colocando-os sobre o prato, juntos e paralelos, no sentido vertical. Cabos para baixo e extremidades para cima. Jamais cruzados.


Cordialmente,
Camila Verçosa, 27 anos, Estudante no Seminário Teológico Carisma, Consultora de Negócios.
Twitter: @camilavercosa
Frase: Tudo começou com o amor do Cristo por nós. Articulista do savoir-vivre.


Gostou do post? Deixe seu comentário e sugestão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!