11 de novembro de 2012

Não é sobre nós


Sabe quando você sabe que precisa fazer alguma coisa, mas não faz? Pois é. Já tinha um tempo que Deus tinha me incomodado com isso e eu sabia que eu precisava pedir desculpas a um garoto que estudou comigo na 8ª série. E eu só fui adiando, adiando... Primeiro porque o que aconteceu foi entre ele e uma amiga minha, eu “só” estava indiretamente envolvida. Segundo porque eu já tinha estudado com ele de novo no 3º ano e a gente convivia numa boa. E terceiro, porque eu tinha vergonha. E esse era o motivo mais forte de todos. Vergonha de ir até ele e pedir desculpas. 

Eu fui aplicar as provas do Enem este ano e desde o sábado pela manhã eu estava pensando no quanto a gente não é nada, no quanto a gente não vale nada, no quanto a gente é falho, e no quanto tudo que a gente tem de bom em mim vem de Deus. Deu pra pensar em várias e várias coisas, considerando que passei quase 5 horas praticamente só vendo o tempo passar em cada dia de prova. E uma dessas coisas foi o quanto eu me ligo ao que há nesse mundo, e quanta importância eu dou a mim mesma, sendo que Deus nunca precisou de mim pra nada. Ele é suficiente. E isso no sentido de que Ele não precisa da gente pra nada. Mas ainda assim Ele nos ama tanto a ponto de dar o filho perfeito dEle pra morrer por nós. 

Esse menino mora perto de mim, estuda na mesma faculdade que eu, e a gente vive se encontrando no ônibus. Mas então, no domingo à noite, voltando do segundo dia de prova, eis que encontro o tal do garoto no ônibus. Não tinha momento mais propício. Logo quando eu estou pensando no quanto preciso deixar de dar tanta bola pra mim e minhas vontades, e passar a olhar mais pra Deus e as vontades dEle, né. Então sentei ao lado do menino e fui conversando com ele. Quando faltava pouco pro meu ponto chegar, pedi desculpas. Deixei as vergonhas e vaidades de lado, e finalmente fiz o que era pra eu ter feito desde o início. 

Parece coisa pequena e é mesmo. Mas quantas vezes a gente não faz exatamente o mesmo em várias outras situações na nossa vida, sejam elas pequenas ou grandes, bobinhas ou super importantes? Valoriza demais os nossos desejos, ou até mesmo as nossas limitações, e menospreza aquilo que Deus nos manda fazer. 

Eu sei que esse pedido de desculpas fez diferença na minha vida, e tenho certeza que fez diferença na vida dele também. Quantas vezes a gente tem deixado de fazer diferença na vida das pessoas, deixado de mostrar o amor de Deus através dos nossos atos, e não só das nossas palavras? 

“Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; nm tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas.” Atos 17:24-25. Tá vendo? Ele não precisa da gente. Mas mesmo assim Ele nos ama. E tudo na nossa vida não é sobre nós. É sobre Ele. Quando a gente entende isso, e passa a viver essa realidade, tudo fica muito mais fácil.







Amanda Almeida
Estudante de Comunicação Social na UFMG
Twitter: @mandyalmeida
Frase: Apaixonada por Aquele que me amou primeiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!