20 de julho de 2012

“O meu povo tem perecido porque lhe falta conhecimento.” Oséias 4:6a

Olá, meninas!

Bom, hoje não falaremos de aspectos da língua portuguesa propriamente ditos. Vamos tratar de algo tão especial quanto as conversas, os debates, etc. Vamos tratar do hábito da leitura. 

Com o advindo da Internet, do conhecimento rápido, a leitura de bons livros e o estudo deles são cada vez mais escassos em nosso cotidiano. Entretanto, é de grande importância que se dedique tempo a essa atividade. Ler amplia nosso vocabulário, nos dá desenvoltura no falar, acelera nossos processos cognitivos, torna-nos perspicazes. 

O conhecimento nos dá vida. Liberta-nos da ignorância e nos ensina que há sempre algo a mais que aprender. Livra-nos do perecimento – não só no sentido mortal da palavra –, e não nos faz “perder o prazo de validade”. Como um alimento que não utilizado em seu tempo correto, assim somos nós quando não desenvolvemos nosso intelecto. Mortos, sem vida, sem cor, sem utilidade. É o conhecimento que nos move. É a cultura que nos forma. Isso nos rejuvenesce. 

Além disso, quê legado deixaremos para os outros? O quê temos transmitido a quem nos rodeia? Qual história temos escrito e qual caminho temos preparado para as nossas gerações? 

O conhecimento nos leva ao raciocínio. Por isso a Bíblia diz que o povo de Deus tem perecido por falta de conhecimento: porque não raciocina. Se o que temos para oferecer a Deus é um culto racional (Rm. 12:1), vamos todas aprimorar nossos conhecimentos e raciocinar, utilizando todas as ferramentas cognitivas dadas a nós por Deus para o aperfeiçoamento dos santos. 

Deus nos abençoe! 


Beijos, Danielle Vieira, editora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!