20 de julho de 2012

Obrigado ou obrigada?

Como mulheres educadas e em constante aperfeiçoamento, temos sempre que aprender a nos portar e falar. Mas quem nunca teve dúvidas quanto a isso, não é?! Então, nesta coluna aprenderemos juntas, entre outras coisas, sutilezas da Língua Portuguesa a fim de que sejamos ainda mais graciosas no falar.

Bom, quando você agradece alguém por algo, o que você diz: “obrigado” ou “obrigada”? Segundo os dicionários da nossa língua, deve-se concordar em gênero e número com a pessoa que agradece. 

Exemplos:
•Obrigado pela lembrança. (homem)
•Obrigados pela ajuda. (dois ou mais homens)
•Obrigada pela lembrança. (mulher)
•Obrigadas pela ajuda. (duas ou mais mulheres)

Essa palavra é resultado da simplificação de expressões como “Fico obrigado a (= sinto-me na obrigação de) retribuir o favor.” e, por isso, faze-se a adequação pessoal.
Então, quando alguém lhe fizer um favor ou for gentil com você, mulher, diga-lhe “obrigada”. Agora, se você tiver a oportunidade de agradecer por você e por um grupo de pessoas do qual homens fazem parte, diga “obrigado”.

Só mais uma dica: um “obrigado” é respondido, preferencialmente, com “por nada”, em vez de “de nada”, ou com “não há de quê”.

É isso, meninas! A todas você o meu...
Obrigada!

Fonte: CEGALLA, Domingos Paschoal. Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa. 3ª Ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2009.

Danielle Vieira, editora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!